Estratégias de venda e relação com clientes no período de crise

Mulher sorrindo no escritorio

Não há dúvidas que momentos de crise impactam a vida pessoal e profissional das pessoas. Além dos impactos financeiros na economia, crises podem ser sinônimos de mudança drástica na rotina individual de clientes e até de toda uma sociedade – como por exemplo o caso do Coronavirus. 

Apesar dos aspectos negativos que uma crise traz, também há aspectos que podem gerar mudanças significativas de forma positiva. Portanto, é importante estabelecer uma estratégia para manter-se nesse período e preparar-se para a retomada. 

Com foco nas possibilidade que momentos como este podem gerar, separamos algumas dicas para ajudar no seu negócio: 

Novos produtos/soluções 

Em momentos de desestabilidade, é normal que clientes foquem esforços financeiros em áreas especificas e de necessidades básicas. No entanto, “o básico” atualmente é constituído por um conjunto de necessidade que variam muito se comparadas com décadas e centenas de anos atrás e que já não são compostas apenas por necessidades fisiológicas, considerando aqui a base da clássica Pirâmide de Maslow (bom, ao menos smartphone e internet ainda não existiam quando a hierarquia foi idealizada e há quem diga que não vive sem!). 

Portanto, o mais importante aqui é detectar o que o SEU cliente busca nesses momentos. Crie produtos para entregar o que seu cliente necessita e crie novas fontes de receita durante a crise. 

Retenção de clientes

Profissionais de venda experientes sabem o quanto custa para criar novos clientes: custa muito mais que manter a fidelidade de um já existente. Portanto, mantenha seus clientes próximos do seu negócio – ofereça suporte e opções/condições especiais mantê-los se for necessário, pois eles provavelmente irão consumir seus produtos novamente após a crise. 

Online + Offline – Eis a questão: Funciona? 

Um primeiro passo é verificar se há a possibilidade de tornar seu produto/atividade digital. Depois, se existe demanda do mesmo nesse período, se o cliente terá condições de consumi-lo nesse momento sob aspecto financeiro e se conseguira vincular-se com o formato digital. Além disso, busque formas de diferencia-los frente as outras ofertas e verificar se poderá oferecer continuidade quando o mercado se restabelecer. 

Assim, sua operação não ficara interrompida durante um período de isolamento por exemplo, podendo ocorrer adaptações apenas sem que estas interfiram na retomada no seu mercado. 

Por fim, lembre-se que toda crise desenvolve novos padrões de consumo. As pessoas acabam adotando novas formas de lidar com as atividades do dia-a-dia e com muitas novidades que estão surgindo em suas rotinas e muitas devem permanecer. Esteja um passo à frente, tente entender o novo comportamento do seu cliente.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *